domingo, 15 de março de 2015

SPZS/ FENPROF- Em Sousel, professores aprovam moção exigindo debater a Municipalizarão da Educação



"EM SOUSEL, PROFESSORES APROVAM MOÇÃO EXIGINDO DEBATER A MUNICIPALIZAÇÃO DA EDUCAÇÂO

O SPZS/Fenprof realizou no dia 11 de Março uma reunião sindical na escola-sede do Agrupamento de Sousel para dar conhecimento aos professores do que está em jogo na negociação que o Governo tem vindo a realizar com alguns municípios com o objectivo de transferir funções sociais do Estado para a tutela do poder local.

Nesta reunião, os docentes aprovaram uma moção exigindo um debate alargado sobre a municipalização da Educação e a suspensão do processo em curso no concelho de Sousel.

Também nas reuniões dos Conselhos de Departamento realizadas nessa tarde na escola, a moção foi aprovada pela maioria dos professores.

Os docentes do Agrupamento de Escolas de Sousel contestam o completo secretismo que tem, desde há meses, rodeado as negociações do designado “contrato interadministrativo de transferência de competências” para a autarquia, na área da Educação.

Os docentes do Agrupamento de Sousel opõem-se também à ingerência da autarquia na organização curricular e pedagógica da escola, assim como ao desenvolvimento de processos arbitrários e pouco transparentes de recrutamento de pessoal.

O resultado destas reuniões, deixou nos professores, fortes reservas sobre os princípios de desconfiguração da Escola Pública subjacentes ao apelidado “processo de descentralização” que o SPZS/Fenprof  já antes denunciou, através de várias iniciativas.


A Direcção do Sindicato dos Professores da Zona Sul

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.