quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

16 Municípios que querem impôr a Municipalização da Educação


Tal como vem sendo adiantado por alguns meios de comunicação tal como o Económico e Público e pela FENPROF estes são os "feudos" municipais, onde numa atitude completamente anti-democrática se quer impôr a municipalização da educação, num ataque sem paralelo à escola pública.

Mas o governo não divulga a lista dos municípios, mas porque tem tanto medo? porquê tanto secretismo? tal atitude contraria a democracia, o governo afirma que, para além das câmaras municipais, conhecem o processo todos os diretores e presidentes dos conselhos gerais das escolas e agrupamentos envolvidos.  

Este "feudalismo" conta mais uma vez com o apoio dos "sindicatos" da FNE/ UGT e com o acordo PSD/CDS e PS.

Tal como publicado neste blogue a 5 de junho de 2014

  • Óbidos 
  • Cascais
  • Matosinhos
  • Oliveira do Bairro
  • Oliveira de Azeméis
  • Águeda
  • Abrantes
  • Famalicão 
  • Oeiras
  • Mação
  • Boticas
  • Batalha
  • Castelo Branco
  • Sousel
  • Maia
  • Estarreja



Serão apenas 16 ou antes 19 ou 20? mas parece ser segredo, porque será?
Será isto democracia?
Porque é que este governo teme o mérito e a clareza de uma lista única de graduação?

É urgente impedir que o "feudalismo" municipal tome conta da escola pública



Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.