sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Já começaram a enviar emails de colocação e a anular colocações, demissão já

Já começaram a enviar emails de colocação, 





"_____________________________________, nº de utilizador _________________.Informa-se que, no âmbito do procedimento concursal de bolsa de contratação de escola, foi selecionado pelo/a AE/ENA ___________, para o horário n.º ___, grupo de recrutamento ____, com carga horária de ____ horas, duração ____________. Para dar continuidade ao processo, deverá aceder à aplicação SIGRHE a fim de proceder à aceitação/não aceitação até ao primeiro dia útil seguinte ao da comunicação da colocação
Com os melhores cumprimentos, Maria Luísa OliveiraDiretora-Geral da Administração Escolar"


Já começaram a anular colocações na aplicação do SIGHRE 




Mas as colocações apodem ser anuladas? 

Será legal esta anulação? 

Nem a denuncia é possível, ora se as "colocações da BCE1 retroagem, para todos os efeitos, a 1 de setembro", já esgotaram os 30 dias legalmente exigidos.




Pela desonestidade, por faltar à palavra dada, por atirar responsabilidades para cima das direções, pela falta de respeito pela vida dos professores e dos direitos legalmente consagrados, depois de um pedido de desculpa e uma demissão:




Haja coragem, Demissão já!



A BCE é exequível?


Professores contratados/ candidatos e Direções de Escolas e Agrupamentos de Escolas depressa perceberão o porquê da Bolsa de Contratação de Escola não ser exequível, se é que ainda não perceberam.

Já todos entenderam.




Chega de "trapalhadas" de concursos de BCE's e CE's, para quando um concurso único, com uma lista única, ordenada unicamente pela graduação, que sendo igual para todos e facilmente comprovável é sem dúvida a mais justa de todas.






Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.