quinta-feira, 4 de setembro de 2014

SPZS/ FENPROF assina com a UALG, acordo para acautelar as 35h de trabalho





"Hoje, pelas 15 horas, na Sala de Reuniões da Reitoria - Campus de Gambelas, Faro, o SPZS assinou o Acordo Coletivo de Entidade Empregadora Pública.
É o culminar de um processo iniciado há alguns meses, pela manutenção das 35 horas semanais de trabalho na Universidade do Algarve.

O Governo PSD/CDS impõe à população em geral e em particular aos trabalhadores da Administração Pública, um pacote de medidas que elimina e reduz direitos laborais e sociais inalienáveis. Nesse pacote de medidas, para além de outras, consta o aumento do horário de trabalho para as 40 horas semanais para a Administração Pública. 

A justificação da crise não pode servir para o retrocesso social e civilizacional  e para hipotecar o futuro. Estão em causa direitos fundamentais dos trabalhadores e também a prestação de serviço público de qualidade. No que, especificamente respeita à Educação, consideramos que também se trata de um grave retrocesso laboral e civilizacional a eventual extensão do horário de trabalho dos professores e educadores. 

O SPZS

Faro, 3 de Setembro de 2014"

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.