quarta-feira, 10 de setembro de 2014

FENPROF- Ofício dirigido ao ministro

No seguimento da notícia publicada em:

FENPROF exige reunião com ministro e avança com ações que visam eliminar ilegalidades cometidas




1 comentário:

  1. A prova é ilegal? Então como foi possível avançar com a mesma? Excluir os professores dos concursos que não conseguiram fazer a prova uns com comprovativo outros não, e uns nem convocados foram, não é ilegal? Independentemente das manifestações, se os professores não conseguiram fazer, foi porque o MEC não deu as condições para que tal acontecesse. Se a intenção fosse mesmo averiguar os conhecimentos e não eliminar professores então é obrigação do estado dar condições adequadas para a boa realização da prova e isso não aconteceu, como está-se a verificar. Foi um processo muito mal feito. E agora excluí esses professores que não tiveram culpa nenhuma? Para colmatar esses erros o mínimo seria integrar condicionalmente nas listas estes professores para que possam ter a mesma oportunidade que os outros em nome de uma justiça social ou vão ter muitos processos judiciais com essa finalidade.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.