terça-feira, 2 de setembro de 2014

Cortes salariais na função pública aprovados pela maioria PSD/ CDS

Maioria PSD/CDS aprova novos cortes salariais na Função Pública idênticos aos cortes do PS de Sócrates em 2011


Temos assim os cortes Sócrates/Passos


Ao mesmo tempo, deixa cair o aumento do IVA de 23% para 23,25% e o aumento da Taxa Social Única que cabe aos trabalhadores de 11% para 11,2%.

A medida diz respeito aos trabalhadores com vencimentos superiores a 1.500 euros por mês.

Prevendo a aplicação de cortes entre 3,5% e 10% em 2014 e 2015 para os trabalhadores com salários acima de 1500 euros. Este diploma determina ainda a devolução de 20% da redução no próximo ano. 




Relembrando o Diploma do PS de Sócrates:


  • Remunerações superiores a 1.500 euros e inferiores a 2.000 euros: redução de 3,5% 
  • Remunerações iguais ou superiores a 2.000 euros e iguais ou inferiores a 4.165 euros: redução de 3,5% sobre o valor de 2.000 euros, acrescido de uma redução de 16% sobre o valor da remuneração total que exceda os 2.000 euros. 
  • Remunerações superiores a 4.165 euros: redução de 10%. (Neste patamar não há professores do básico e secundário)
De seguida será enviado para o Presidente da República para promulgação de modo a ser aplicado o mais rápido possível, pois o Governo tem pressa, uma vez que há 2 meses que os funcionários públicos têm aquilo a que têm direito - o salário QUASE por inteiro (a sobretaxa tem sido aplicada)...





5 comentários:

  1. No índice 167 , os 1500 Eur como garantia mínima ficam salvaguardados.( e não os 1465.45Eur)

    ResponderEliminar
  2. Bom dia, podem dizer qual vai ser o corte para o 10.º escalão?

    ResponderEliminar
  3. Se considerarmos que ao 10º escalão corresponde o índice 370 com remuneração de 3364,60€ ao aplicar estes cortes seria reduzido para 3076, 26€ com um corte mensal de 288,34€.

    ResponderEliminar
  4. Boa noite, podem informar, por favor, qual o índice de um docente vinculado? ( fiquei no quadro de vinculação no concurso extraordinário, deixando de ser contratada). Obrigada.

    ResponderEliminar
  5. O índice é o 167, tal como refere a legislação, o mesmo que teria se estivesse contratada este ano. No entanto, há colegas que através dos serviço jurídicos da FENRPOF estão a pressionar o MEC de modo a que sejam repostos na carreira.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.